Comentário: Soldados americanos que cometeram violência no aeroporto de Cabul s?o "heróis” novamente?

Published: 2021-08-30 21:29:22
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Na noite de 26 de agosto, horário local, duas explos?es consecutivas ocorreram perto do aeroporto de Cabul, capital do Afeganist?o, deixando centenas de mortos e feridos. Um dos feridos em uma das explos?es revelou um fato chocante: os militares dos EUA, que estavam sendo evacuados às pressas do Afeganist?o, mataram arbitrariamente pessoas inocentes no aeroporto de Cabul! Os inocentes afeg?os foram mortos n?o por terroristas, mas por soldados americanos que supostamente vieram ao Afeganist?o para salvá-los.

Como algumas testemunhas disseram a repórteres do Grupo de Mídia da China (CMG, sigla em inglês) no domingo (29), os militares dos EUA abriram fogo contra civis e bloquearam as estradas perto do aeroporto de Cabul após explos?es. Um grande número de pessoas foi morta por n?o receber oportunamente tratamento médico. A BBC também confirmou em suas reportagens que muitas vítimas foram mortas n?o pela explos?o, mas pelos disparos de soldados americanos.

No entanto, em seu discurso após as explos?es, o presidente dos EUA, Joe Biden, elogiou os soldados americanos mortos como “heróis” e anunciou “medidas retaliatórias”, sem dizer uma palavra sobre os afeg?os que foram mortos. Vários meios de imprensa estadunidenses também divulgaram vigorosamente as trágicas histórias dos 13 soldados americanos mortos, mas ignoraram deliberadamente os civis afeg?os que morreram nas explos?es.

O fato é que os soldados dos EUA entraram no Afeganist?o como "invasores" e o caos atual no Afeganist?o foi causado somente pelos EUA. Em vista do tremendo trauma da guerra, por que os políticos e a mídia norte-americanos só veem seus próprios soldados e n?o as vidas de muitos afeg?os? Onde est?o os direitos humanos que os políticos e a mídia norte-americanos promovem diariamente? Será que apenas as vidas dos americanos valem a pena? Devem os soldados americanos que mataram inocentes arbitrariamente no aeroporto de Cabul ser glorificados como os "heróis" dos Estados Unidos?

As estatísticas mostram que mais de 100 mil civis afeg?os morreram em opera??es militares dos EUA e cerca de 11 milh?es de pessoas tornaram-se refugiadas nos últimos 20 anos. Até hoje, os Estados Unidos ainda continuam a cometer danos a civis inocentes no Afeganist?o.

Por mais que os EUA queiram encobrir a "guerra de agress?o" e os "heróis de guerra", n?o podem esconder o fato de que tinham causado uma trágica catástrofe humanitária no Afeganist?o. Mais uma vez, isso exp?s totalmente o padr?o duplo que os Estados Unidos há muito perseguem na área de direitos humanos. Os chamados "defensores dos direitos humanos" s?o, na verdade, os maiores violadores dos direitos humanos.

tradu??o: Shi Liang

revis?o: Thiago Raposo

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

Chocolates no formato dos antigos palácios imperiais lan?ados em Beijing
Vila antiga de Zhenyuan
Estudantes receberam treinos militares antes antes do início do semestre de outono
Universal Beijing Resort inicia opera??o experimental em 1 de setembro
Moradores celebraram o Festival da Lanterna de Pomelo
Rob?s s?o usados na entrega de refei??es em Shanghai

Notícias

10 pessoas mortas pelo exército dos EUA, incluindo 6 crian?as
Comentário: Servi?os de inteligência dos EUA exp?e-se ao ridículo com farsa
Reuni?o Central dos Trabalhos étnicos: crie uma comunidade da na??o chinesa inquebrável
Agências de inteligências s?o incapazes de rastrear origem do vírus, afirma epidemiologista estadunidense
?Comentário: Fatos atrás do relatório hipócrita
Ex-presidente do COI Jacques Rogge morre aos 79 anos
三级视频在线