Comentário: EUA precisam colaborar com o rastreamento da origem da Covid-19

Published: 2021-09-03 21:12:59
Share
Share this with Close
Messenger Messenger Pinterest LinkedIn

Os servi?os de inteligência dos Estados Unidos publicaram recentemente o que chamam de Relatório de Investiga??o Sobre o Rastreamento da Origem da Covid-19, que acusa e calunia a China de obstruir as investiga??es internacionais. No entanto, a atitude aberta, transparente, científica e cooperativa da China em rela??o à rastreabilidade é evidente para todo o mundo.

Desde a eclos?o da epidemia de COVID-19, a China tem apoiado totalmente a coopera??o científica global no rastreamento da origem do vírus e convidou duas vezes especialistas da OMS para conduzir estudos no território chinês. Sendo assim, a parte da investiga??o global na China já foi finalizada. De acordo com as sugest?es do relatório de pesquisa conjunta OMS-China, a próxima etapa do rastreamento deve ser realizada em diversos países e locais ao redor do mundo.

Como um país que fracassou no combate à epidemia e também “suspeito de ser a origem do novo coronavírus”, os Estados Unidos deveriam ser uma prioridade na próxima fase da rastreabilidade internacional. Entretanto, a parte norte-americana n?o está cooperando, e em vez disso, calunia a China na tentativa de transferir sua culpa para os outros. Recentemente, mais de 80 países enviaram cartas ou declara??es ao diretor-geral da OMS, opondo-se à politiza??o do rastreamento e defendendo a conclus?o da primeira fase.

Sob press?o dos EUA, o plano recentemente publicado pelo Secretariado da OMS para a segunda fase de rastreamento da origem da COVID-19 abandonou o espírito científico e de colabora??o e já está politizado.

A China sempre apoiou o rastreamento científico e está determinada a contribuir para a coopera??o internacional na luta contra a pandemia, e como exemplo, forneceu como ajuda vacinas para mais de 100 países e organiza??es internacionais e exportou mais de 800 milh?es de doses para mais de 60 países. Em contraste, a parte norte-americana n?o apenas acumulou uma grande quantidade de vacinas, mas também restringiu a exporta??o de suas matérias-primas.

As abordagens dos EUA para rastrear o vírus ou combater a epidemia mostram o extremo egoísmo e insensibilidade da hegemonia norte-americana. A calúnia contra a China espalhada pelos Estados Unidos só mostrará ao mundo que eles próprios s?o o maior obstáculo no rastreamento da origem do vírus e no combate à pandemia em todo o globo. Os políticos dos EUA devem atender as demandas legítimas da comunidade internacional para retomar o rastreamento científico o mais rápido possível e colaborar ativamente com a investiga??o internacional.

tradu??o: Shi Liang

revis?o: Erasto Santos Cruz

Share

Mais Populares

Galeria de Fotos

CIFTIS2021 é inaugurada em Beijing
Trabalhadores est?o ocupados com a secagem do sal
árvores s?o decorados com pinturas de animais em Shanghai
Estudantes de escolas primárias de Beijing come?am novo semestre
Livraria Zhonglou em Xi'an reabre ao público
Flores est?o florescendo na margem do rio Songhua

Notícias

Xi Jinping discursa na abertura do 6o Fórum Econ?mico do Oriente
Restos mortais de mais 109 soldados do Exército Voluntário do Povo Chinês s?o enterrados em Shenyang
Máquina chinesa de alta tecnologia permite reciclagem de papel
Presidente chinês anuncia medidas importantes para refor?ar comércio de servi?os
Shanghai inaugura Festival de Filmes Brasileiros na China 2021
Hoje é o dia comemorativo pela vitória contra o fascismo
三级视频在线